4 de agosto de 2013

BOM TRABALHO, ESTAGIÁRIO - PARTE 1

Aqueles que convivem comigo sentem na pele o quanto sou chato em relação ao correto uso da língua portuguesa. Tive que aprender na marra a escrever direito, primeiro porque minha mãe ‘subornava’ minhas professoras de português no primário e ginásio. Também porque escolhi uma profissão (de advogado) onde escrever corretamente é tão fundamental quanto à coerência e veracidade do conteúdo que é escrito. Hoje a advocacia não é minha atividade principal, mas creio piamente que o fato de conseguir escrever corretamente, ser conciso, etc., são diferenciais em minha carreira.
Todo mundo, no meu mundo, deveria escrever corretamente, mas é fato que isso é pura ilusão. Minha utopia de vivermos num lugar onde as pessoas sabem se comunicar, escrever, falar, e se fazer entender, é na verdade uma realidade distópica, testemunhada a cada tentativa de homicídio à nossa língua, proferida pela boca sanguinária do colega de trabalho, do jogador de futebol, do operador de telemarketing, da celebridade da moda... e até por quem, assim como os advogados, ganham para escrever e falar corretamente, como jornalistas e profissionais da comunicação.
Para deixar nosso papo mais divertido, colhi algumas pérolas publicadas nos maiores portais de informação e entretenimento do país, para analisarmos quanto é perigoso escrevermos as coisas da maneira errada.

WTF!!! Rio Irregulares é uma cidade? É isso? Ou o Rio é irregular?

Essa é da época em que as Coreias estavam em crise.... mas só lembro dos embaixadores terem deixado a Coreia do Norte, as embaixadas eles deixaram. Talvez não tenham levado temendo o excesso de bagagens, vai saber.

Ok, nem vou comentar... estagiário de merda!!!

Porra!!! Se é FILHO, é MENINO, certo? Se ele deixará de ser no futuro, não é problema nosso!!!

Peralá!!! Deixa eu ver se entendi!!! A criança retirou a pedra pelo correio? Como assim? Ela mandou uma carta para o parque com um envelope e selos, e o pessoal do parque mandou a pedra para ele?

Obrigado a esses ótimos profissionais por nos proporcionar alguns momentos de comédia!!! Pérolas e mais pérolas!!! Como é difícil prestar atenção nas aulas de gramática e interpretação de texto!!!

Se algum de vocês também se incomoda com o homicídio a nossa língua, postem os links das pérolas no cometário desse artigo ou encaminhem para veronista@gmail.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário